BC libera consulta a “dinheiro esquecido” nesta segunda-feira; veja como acessar

15
Dinheiro, Real Moeda brasileira

O Banco Central (BC) deve liberar nesta segunda-feira (14) a consulta ao “dinheiro esquecido” pelos brasileiros nos bancos. O novo serviço permite que pessoas e empresas verifiquem se têm valores a receber de instituições financeiras das quais tenham sido clientes.

O acesso ao sistema “Valores a Receber” havia sido liberado em janeiro, mas foi suspenso por causa da alta demanda, que provocou instabilidade na página e também nos sites do BC. 

Agora, haverá uma página exclusiva para esse tipo de consulta. Veja como acessar: 

  • Acesse o site (valoresareceber.bcb.gov.br) a partir do dia 14/02;
  • Use o CPF ou CNPJ para consultar se há valores a receber;
  • Em caso positivo, guarde bem a data que o sistema informará;
  • Segundo o BC, é preciso estar cadastrado no site Gov.br nível prata ou ouro para solicitar os recursos; não será possível acessar o sistema com login Registrato;
  • Acesse novamente o site (valoresareceber.bcb.gov.br) na data informada e use o login Gov.br para acessar o sistema, saber qual o valor disponível e solicitar sua transferência;
  • Caso perca sua data de resgate, acesse novamente o site em outro dia para que o sistema informe uma nova data para retorno

De acordo com o BC, os valores começarão a ser pagos a partir do dia 7 de março de 2022. Além disso, a instituição ressalta que a devolução será feita, preferencialmente, por Pix. Caso o cliente faça o pedido de resgate sem indicar uma chave Pix, a instituição financeira escolhida pelo cidadão entrará em contato para realizar a transferência. 

O Banco Central alerta ainda para tentativas de golpe, e faz algumas recomendações:about:blankhttps://acdn.adnxs.com/dmp/async_usersync.html

  • O único site para consulta e solicitação desses valores é o valoresareceber.bcb.gov.br;
  • O Banco Central NÃO envia links NEM entra em contato para tratar sobre valores a receber ou para confirmar dados pessoais;
  • NINGUÉM está autorizado a entrar em contato com você em nome do Banco Central ou do Sistema Valores a Receber;
  • Portanto, NUNCA clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram;
  • NÃO faça qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores. É golpe!

Nesta primeira fase, são cerca de R$ 3,9 bilhões de valores a serem devolvidos para 24 milhões de pessoas físicas e jurídicas. Os valores podem ter sido deixados, por exemplo, em contas-correntes ou poupança encerradas com saldo disponível; decorrentes de tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado pelo banco com o Banco Central ou recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

No total, a estimativa do BC é de que sejam transferidos aproximadamente R$ 8 bilhões ao longo de 2022. 

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA