Polícia prende suspeitos de tentativa de homicídio contra a “Trafigata”

17

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está nas ruas, desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (17), para cumprir quatro mandados judiciais. Trata-se de uma tentativa de homicídio que aconteceu em Curitiba, no dia 31 de janeiro deste ano.

O principal alvo do crime era Camila Marodin, conhecida como “Trafigata”. A mulher ficou conhecida assim após ser apontada como uma das líderes da organização criminosa chefiada pelo esposo Ricardo Marodin, que foi executado na festa de aniversário dos filhos.

Na operação desta manhã, a Polícia Civil identificou os suspeitos do atentado, um foi preso e outro menor apreendido. Foram expedidos quatro mandados judiciais, sendo dois de prisão e dois de busca e apreensão.

No dia do crime, os suspeitos se dirigiram até a casa de Camila, no bairro Mundo Novo. Ficaram aguardando até que elas chegassem no local. Então, um dos indivíduos saiu do veículo e atirou contra as vítimas.

Durante as investigações, a PCPR apurou que a motivação do crime está ligada ao o tráfico de drogas.

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA