Mesmo após ter longas conversas com Botafogo e Corinthians, o técnico Luís Castro não deve integrar a “legião de portugueses” no futebol brasileiro. Na manhã desta quarta-feira, 23, o Al Duhail, do Catar, afirmou que o treinador recebeu algumas propostas, mas que continuará no país árabe até o fim de seu contrato, válido até 30 de junho de 2022. “A direção do clube tem notado notícias recorrentes no período recente sobre a saída do técnico Luis Castro. A administração de Al Duhail confirma que recebeu muitas ofertas solicitando os serviços do treinador. No entanto, Al Duhail confirma sua adesão a ele até o final de seu contrato “, comunico, em nota oficial.

O Corinthians demonstrou interesse em Luís Castro após demitir Sylvinho no início deste mês. Uma multa de cerca de R$ 7 milhões, no entanto, diminuiu a possibilidade do português parar no Parque São Jorge – o Alvinegro paulista deve anunciar Vitor Pereira nas próximas horas. Também apreciador do trabalho do europeu e transformado em Sociedade Anônima do Futebol (SAF), o Botafogo parecia mais perto de fechar com o comandante, já que estaria disposto a pagar o valor imposto pelo Al Duhail. Até o momento, o novo dono do Glorioso, o estadunidense John Textor, ainda não se manifestou sobre a nota do clube do Catar. Com 60 anos, Castro coleciona passagens por Shakhtar Donetsk (Ucrânia), Vitória Guimarães e outros clubes menores de Portugal.

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA