Enquanto a guerra se alastra e chega até a capital Kiev, pessoas tentam se afastar do confronto entre Rússia e Ucrânia. De acordo com a brasileira Clara Magalhães Martins, os postos de gasolina das estradas polonesas estão cheios de carros buscando combustível na madrugada deste sábado (26), no horário local.

“Uma coisa que estou notando na Polônia é que tem muito carro em posto de gasolina. Meia noite e tem muito carro mesmo em postos de gasolina”, contou.

Dentro da Ucrânia, a busca por gasolina também é grande. Em Kiev, alguns postos já adotam o limite máximo por pessoa, por conta das longas filas na cidade.

As fontes de energia, inclusive, têm papel importante na guerra que acontece no leste europeu. A Rússia é a principal responsável pelo fornecimento de gás natural para a Europa. O país também é é dos principais exportadores de petróleo de todo o mundo. Uma das sanções impostas pela União Europeia, inclusive, atinge o setor energético do país.

A instabilidade gerada por conta do conflito armado já reflete no preço do barril de petróleo. O valor chegou a bater os U$ 105 nessa quinta-feira (25), o mais alto desde 2014.

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA