Saiba quais outros documentos podem ser inseridos na 2ª Via Fácil do RG

7

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) ampliou o serviço da 2ª Via Fácil do registro geral (RG). A partir desta segunda-feira (14) cidadãos poderão incluir no documento, totalmente pela internet, diversos dados extras, como observações de saúde sobre doenças, deficiências, tipagem sanguínea, símbolo do autismo e número da carteira nacional de habilitação.

O delegado da PCPR e diretor do Instituto de Identificação do Paraná, Marcus Michelotto, explica que a ampliação da 2ª Via Fácil acompanha a evolução do uso das plataformas digitais pelos usuários e a demanda por praticidade. “Estamos fazendo essas atualizações para garantir direitos e facilitar a vida do paranaense, que poderá ter um único documento com todos os dados necessários para as tarefas do cotidiano”, diz o delegado.

Inserção

As observações de saúde serão incluídas na carteira de identidade com base na lista da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde. No sistema da PCPR o usuário poderá selecionar a doença da qual é acometido e fazer a solicitação, mediante apresentação de laudo médico. Pessoas com deficiência e autismo também precisam apresentar a comprovação. Já a tipagem sanguínea deve ser comprovada através de exame laboratorial.

A solicitação da 2ª via com inserção de dados extras deverá ser feita pelo site, na aba “documentos”. Antes de iniciar o processo o cidadão precisa ter todas as imagens no celular ou computador para poder anexá-las quando o sistema pedir.

A imagem de cada um dos documentos a serem anexados deverá estar em formato .jpeg e com tamanho máximo de cinco megabytes. Para facilitar, o usuário poderá fazer uma fotografia do documento, sem precisar digitalizá-lo em um aparelho scanner.

Ao final da solicitação o usuário receberá um SMS no celular cadastrado para a confirmação do pedido.

Dados extras

A ampliação da 2ª via fácil do RG também permitirá a inclusão de números de outros documentos essenciais na rotina do cidadão. A proposta é oferecer praticidade ao portador do RG, tornando o documento único e suficiente para ser utilizado em qualquer finalidade.

As imagens de todos os documentos, exceto Cadastro de Pessoa Física ou a Carteira Nacional de Habilitação do Paraná, precisam ser enviadas para a inclusão e validação do número no sistema.

Os números que podem ser inseridos através da 2ª via fácil são:

– Cartão Nacional de Saúde
– Carteira profissional expedida por órgão ou entidade legalmente autorizada
– Número de Identificação Social
– Número do Programa de Integração Social ou Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público
– Carteira de Trabalho e Previdência Social
– Cadastro de Pessoa Física
– Carteira Nacional de Habilitação
– Título de eleitor
– Certificado militar

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA