(Monstro) Suspeito de estuprar filha e ter um filho com ela é preso em Piraquara

399

Naquilo que seria apenas mais uma investigação corriqueira de um suspeito de traficar drogas, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) se deparou com uma situação chocante de abuso sexual e cárcere privado.
Após aprenderem vários pés de maconha em uma residência em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, nesta quarta-feira (23), os policiais encontraram trancados em um dos quartos uma jovem de 21 anos e seu filho de quatro. Ao conversarem com a moça, descobriram uma rotina de crimes cometidos contra ela.

Pode ser uma imagem de uma ou mais pessoas
RIC.


A mulher, que nunca frequentou a escola e que seria proibida até de sair de casa, relatou que era estuprada pelo pai desde que tinha quatro anos de idade. Quando fez 17 anos, devido os estupros constantes ela engravidou e teve um filho do próprio pai. A criança, que hoje tem quatro anos, dividia um quarto escuro com a mãe.
A justiça concedeu medida protetiva a jovem e agora ela e a criança estão sob os cuidados do município e tendo acompanhamento psicológico. O suspeito dos crimes, que nega os abusos e afirma que eles teriam sido cometidos pelo seu irmão, um tio da vítima, já falecido, foi conduzido ao IML para fazer exames de DNA que atestarão a possível paternidade.
O boletim de ocorrência registra que o homem ameaçava matar a filha com uma barra de ferro caso ela contasse para alguém o que acontecia na casa. A situação chocou os vizinhos, que disseram à equipe do Balanço Geral Curitiba que jamais imaginariam que algo semelhante acontecesse naquela residência que não despertava suspeitas. Segundo relatos dos moradores da região, o homem detido era comerciante e tratava todo mundo bem.
A mãe da vítima a teria abandonado quando era criança e deixada aos cuidados exclusivos do pai.
Fonte: RicTv

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA