Apresentador do Tribuna da Massa Londrina recebe ameaças de morte

8

O apresentador Felipe Macedo, o Macedão, do Tribuna da Massa Londrina, recebeu ameaças de morte por meio de pichações na cidade. Ele e a equipe registraram boletim de ocorrência e buscam o autor do crime.

Na segunda-feira (25), durante a tarde, um telespectador avisou o apresentador nas redes sociais que passou por um restaurante e viu a ameaça no muro de uma casa em frente. O estabelecimento é onde Macedão costuma almoçar. A equipe do Tribuna da Massa foi até o local e encontrou uma lata de spray em uma árvore.

Foto: Reprodução

O apresentador recebeu fotos de outra pichação, no muro de uma loja. Segundo os proprietários, ela teria sido feita na madrugada de sexta-feira passada (22).


A reportagem do programa divulgou o caso e Macedão registrou boletim de ocorrência. A equipe e a polícia estão em busca de imagens de câmeras de segurança que podem dar uma pista do autor.

Procurado pelo Massa News, Macedão afirma que se preocupa principalmente porque ameaça foi feita em um restaurante que ele frequenta, então eles conhecem sua rotina. O apresentador imagina que uma das motivações pode ser o fato de que, no programa Tribuna da Massa, ele expressa suas opiniões sobre a criminalidade em Londrina.

“Me preocupo, mas estou com a sensação de que não posso e não devo parar, e não é o que eu vou fazer. Se alguém escreveu isso, é porque estou no caminho de defender o povo, que é o principal lema do Tribuna de Londrina”, afirma Macedão.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná (Sindijor-Norte PR) repudiou as ameaças feitas a Macedão e a violências contra o exercício do trabalho dos jornalistas. Veja a nota completa:

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná (Sindijor Norte PR) vem a público manifestar seu repúdio a tentativas de cerceamento da liberdade de imprensa, bem como a irrestrita defesa do trabalho dos jornalistas nos veículos de comunicação.

Na última segunda-feira (25) a ameaça se deu contra a equipe do programa Tribuna da Massa, da afiliada do SBT em Londrina, e o apresentador do programa, Felipe Macedo, por meio de uma pichação em um muro em área valorizada da cidade.

Não podemos esquecer que o Brasil é um dos países mais perigosos para o desenvolvimento do jornalismo. Apenas em 2021, a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) registrou 430 agressões a profissionais em todo o País, sendo o Paraná o líder em registros na região Sul. Nenhuma ameaça ao desenvolvimento do trabalho jornalístico deve ser tolerada ou menosprezada.

Ameaças como essa refletem a banalização da violência com a qual o Sindijor Norte PR e a Fenaj não compactuam. Nos solidarizamos com os profissionais atingidos e deixamos à disposição nossa assessoria jurídica, além de contarmos com rigorosa apuração do caso por parte das autoridades.

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA