Pode ser uma imagem de 1 pessoa, barba e texto que diz "V-Pow V-Po"
RADIALISTA E FRENTISTA DARIO SANTOS

Em mais uma vitória no Congresso Nacional, dirigentes sindicais comemoram nesta quarta-feira (8) a derrubada do Projeto de Lei 2302/19, do deputado Vinicius Poit (Novo-SP). A proposta foi rejeitada pelos parlamentares, que compõem a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados. Os dirigentes sindicais de todo o país ocuparam, nesta manhã, os corredores do Congresso, em Brasília, e pediram justiça para os quase 500 mil trabalhadores de postos de combustíveis de todo o país, que estão sendo duramente atacados por parlamentares que defendem os interesses de grupos econômicos.

O projeto que prevê a revogação da Lei 9.956, e permite o funcionamento de bombas de autosserviço, operadas pelo próprio consumidor, nos postos de combustíveis de todo país, foi rejeitado por unanimidade. A proposta segue, agora, para ser apreciada na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados.

A luta dos frentistas ganhou reforço de alguns parlamentares da comissão que levantaram cartazes com os dizeres: “FRENTISTAS DE TODO O BRASIL CONTRA O SELF SERVICE”.

Vencemos o primeiro round da nossa batalha, mas ainda temos muita luta pela frente. A mobilização da categoria, neste momento, se faz mais do que urgente. É o seu emprego, o sustento da sua família, a sua vida e a sua integridade que está em jogo. Um frentista não foge da luta nunca. Essa é a hora de nos unirmos para enterrar de uma vez por toda esse projeto nefasto, sem vergonha e descarado. Vamos à luta companheiros! A nossa farda é o nosso macacão e a nossa arma é o trabalho.

VIVA TODA A CATEGORIA FRENTISTA!

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO