Os 32 mil frentistas paranaenses resolveram apresentar um pré-candidato a deputado estadual, Lairson Sena, presidente do Sinpospetro (Sindicato dos Frentistas do Paraná), que se licenciou na última quinta-feira (02/06).

Os frentistas locais e nacionais, que somam 500 mil, estão correndo perigo de serem extintos por projetos de lei que autorizaram o autosserviço – o diabólico self-service.

A proposta inicialmente barrada na Câmara foi apresentada pelo deputado Kim Kataguiri (União-SP) e agora, no Senado, ela ressurgiu pelas mãos do senador Oriovisto Guimarães (PODE-PR).

Em comunicado em suas redes sociais, Lairson Sena explicou que se desincompatibilizou da presidência do Sinpospetro para “seguir adiante na luta em defesa do emprego dos trabalhadores em postos de combustíveis (frentistas) e dos direitos trabalhistas e sociais de todos trabalhadores”.

Ele é pré-candidato pelo Solidariedade a uma das 54 cadeiras na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP).

FONTE: BLOG DO ESMAEL

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA