Após aprovação de Recuperação Judicial, Paraná negocia SAF; veja interessados

452
Clique aqui e assine

Após a aprovação de mais de 70% dos credores para a recuperação judicial (RJ), o Paraná Clube agora busca novas estratégias para o futuro. A venda de sua Sociedade Anônima do Futebol (SAF) e atração de investidores estão entre os planos do clube paranaense.

Uma das propostas apresentadas envolve um grupo interessado na SAF do clube, que assumiria a dívida de aproximadamente R$ 60 milhões, resultante de um desconto de 50% em relação ao valor inicial de R$ 119 milhões. O plano propõe um pagamento inicial de R$ 18 milhões e a quitação do restante até 2033.

O grupo de investidores é composto por três empresas brasileiras atuantes em diferentes setores: distribuição de alimentos, varejo e uma igreja presbiteriana. O investimento proposto varia entre R$ 100 milhões e R$ 120 milhões.

Como garantia, o investidor receberia os imóveis do Paraná Clube e teria o controle das futuras receitas do clube. A negociação seria válida por, no mínimo, 10 temporadas. Entretanto, o plano enfrenta entraves legais, pois algumas das propriedades do clube, como as sub-sedes da Kennedy e do Boqueirão e a Vila Olímpica, não podem ser vendidas ou leiloadas para pagamento de dívidas, conforme a lei municipal nº 1550/1958.

Para superar esse obstáculo, o Paraná Clube conta com um processo legislativo em andamento, de autoria do vereador Rodrigo Reis (União), que tem como objetivo a alienação, principalmente da Kennedy, em uma possível venda.

Em relação aos débitos fiscais e tributários, que não estão inclusos na recuperação judicial, o clube está em negociações diretas com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. A expectativa é de que um acordo seja firmado ainda neste ano, com a venda da SAF.

Segundo o balanço financeiro de 2022, a dívida total do Paraná Clube é de R$ 156,3 milhões. A 1ª Vara de Falências e Recuperação Judicial de Curitiba tem até 30 dias para a homologação do acordo da recuperação judicial.

Caso a negociação seja bem-sucedida, o Paraná Clube espera evitar a decretação de falência e planeja se recuperar em campo – o clube sequer conquistou uma vaga para a disputa da Série D, em 2024, e ocupa a sexta colocação na Série B do Paranaense.

Foto: Depto Comunicação Paraná Clube

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA