Motorista de aplicativo é estuprada por passageiro em Campina Grande do Sul.

1315

Uma motorista de aplicativo, de 44 anos, foi estuprada por um passageiro após sofrer uma tentativa de roubo em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (23).

Reprodução/PCPR

De acordo com o delegado Gustavo Alves, da Polícia Civil do Paraná (PCPR), a vítima relatou que recebeu um chamado de corrida no bairro Santa Rosa, na Grande Curitiba. No local, o passageiro embarcou e, ao chegarem no destino da viagem, o homem deu voz de assalto a ela.

O suspeito, em tom de ameaça, exigiu que a motorista dirigisse até uma rua deserta da cidade. Ao chegarem no local, ele obrigou ela a parar o carro e ir ao banco traseiro do veículo.

“Mediante grave ameaça e violência, ela foi obrigada a manter relação sexual com ele. Inclusive, sexo oral também. Após tais fatos, ele determinou que ela passasse para o banco da frente novamente e se deslocasse para outro local da cidade”,

conta o delegado.
No momento em que a vítima passou por uma região movimentada da cidade, ela parou o carro e saiu correndo. Na sequência, o carro bateu em um poste e o homem também fugiu do local.

Motorista é estuprada por passageiro na Grande Curitiba: suspeito é preso

Após o crime, a motorista de aplicativo procurou as autoridades. As buscas pelo suspeito, de 24 anos, começaram logo depois da denúncia e as equipes da PCPR o encontraram trabalhando.

O suspeito era funcionário de uma empresa de logística localizada às margens da BR-116. Ao ser abordado, o homem negou os fatos — entretanto, em seguida, ele confessou que teve relações sexuais com o consentimento da vítima.

Segundo o delegado, devido ao estado e o relato da motorista, ele foi preso ainda no período de flagrante. O suspeito já tem passagens pela polícia por receptação e, nesta sexta-feira (24), a Justiça converteu a prisão em flagrante para preventiva. A PCPR segue investigando o caso.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA