Salário do Frentista no Paraná passa de 2 mil reais e conquista : Vale Combustível, Diz Sindicatos

690
Clique aqui e assine

Os frentistas paranaense. Em negociação conjunta, os Sindicatos de Cascavel, Ponta Grossa, Londrina, Curitiba e Maringá fecharam, com avanços, a Convenção Coletiva de Trabalho.
O Piso Salarial passa a ser R$ 1.707,00, mais R$ 512,10, a título de Adicional de Periculosidade – o que totaliza R$ 2.219,10. Já quem trabalha no turno da noite recebe mais 25%, por Adicional Noturno.

Alimentação – O cartão-alimentação subiu para R$ 672,36. E a partir de 1º de agosto deverá ser pago sempre no primeiro dia útil de cada mês.
Outra conquista se deu no vale-combustível. Agora, o trabalhador pode optar entre receber o vale-transporte ou reverter o valor em combustível.

Mais – A assistência a trabalhadores vítimas de assalto, assédio moral, sexual, xenofobia e preconceito racial também foi uma conquista das negociações. Lairson Sena, presidente do Sinpospetro Curitiba, Região Metropolitana e Litoral, explica: “Há um protocolo conjunto do Sinpospetro Curitiba com o Paranapetro, sindicato patronal, sobre como agir nos casos de agressões físicas e verbais, racismo, xenofobia, assédio moral e sexual. As duas entidades farão uma campanha educativa nos postos de combustíveis para os clientes e o conjunto da categoria”.

Antônio Vieira Martins, presidente do Sindepospetro Cascavel, afirma: “A negociação foi difícil como em todos os anos. Porém, conseguimos conquistar mais benefícios e melhores condições de trabalho à nossa categoria”.

O presidente da Fenepospetro, Eusébio Pinto Neto, parabeniza a união e competência dos companheiros dos cinco Sindicatos nas negociações. Ele diz: “Eles fizeram um ótimo trabalho, conquistando melhorias pra toda a categoria”. A data-base é 1º de maio.

informações aqui

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA