Funcionários de terceirizada dos Correios de Pinhais cruzam os braços:

667
Clique aqui e assine

Funcionários da GO2B, empresa terceirizada, que presta serviços para os Correios, cruzaram os braços nesta terça-feira (10). Eles pararam as atividades, no Centro de Distribuição, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), por não terem recebido ainda os salários.

Segundo os funcionários, o prazo para o pagamento era a última sexta-feira (6), mas até agora nada. Quem reclamou, ainda foi ameaçado de demissão.


“Já está atrasado desde o quinto dia útil, que foi sexta-feira, estamos esperando o pagamento e até agora nada. Estamos em greve tentando receber nosso pagamento. O RH veio e falou que se a gente não estiver satisfeito que a gente peça a conta”

disse uma funcionária.
A empresa disse aos trabalhadores que reclamaram que foi um problema com o banco, mas ninguém acredita.

“Eles disseram que é problema no banco, mas são três terceirizadas, a outra empresa recebeu dos Correios, pagou os funcionários. Simplesmente deram um “cala a boca”, na sexta-feira, de R$ 150 na nossa conta, e disseram que é problema do banco e que estão tentando resolver. Se eles depositaram R$ 150 na sexta-feira, porque não depositaram o restante do pagamento? Eles estão ameaçando as pessoas que estão na experiência, dizendo que vão ser mandadas embora. Nós falamos com o diretor do Correio e ele disse que estamos no nosso direito”

contou outra funcionária.

A falta no pagamento fez com que parte dos funcionários parasse as atividades. Uma trabalhadora disse que a situação dos colegas está complicada, principalmente com as contas particulares.

“A gente está com o aluguel atrasado, estamos precisando comprar as coisas para a casa, tem gente que está pagando R$ 50 por dia do aluguel, de atraso, e estamos nessa situação por falta do pagamento. Muitas precisam pagar babá para poder vir trabalhar, estamos precisando mesmo. O que estão fazendo com a gente não pode acontecer”

desabafou a funcionária.

BANDA B FONTE

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA