Sindicato faz protesto após racismo contra frentista de posto em Curitiba.

229
Clique aqui e assine

O Sindicato dos Empregados de Postos e Serviços de Combustíveis de Curitiba (Sinpospetro) realizou nesta segunda-feira (16) um protesto contra o racismo cometido contra frentista e funcionário de um posto de combustíveis da capital paranaense.

Os trabalhadores foram convocados para a escadaria da Câmara Municipal para um ato que cobra punição ao homem que se identificou como empresário e ofendeu dois funcionários de um posto no bairro Boqueirão.

Os atos de racismo foram gravados pelo funcionário do posto, uma das vítimas das ofensas. No vídeo (assista abaixo), é possível ouvir o homem xingando o funcionário de “macaco”, “neguinho” e “nordestino”.

Polícia investiga racismo em posto de Curitiba

As duas vítimas, frentista e funcionário do posto, procuraram a delegacia para registrar o boletim de ocorrência do caso. O delegado Nasser Salmen informou que o inquérito será instaurado para apurar o caso.

O advogado Igor José Ogar, que defende as duas vítimas de injúria, disse que vai pedir a prisão do autor das ofensas racistas e pedirá sua condenação por injúria racial e xenofobia.

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA