Uma associação criminosa envolvida em jogos de azar online é alvo de uma operação da Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (13), em Colombo e Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba (PR).

Segundo a polícia, os suspeitos são responsáveis por lesar vítimas através de jogos de azar pelas redes sociais. Ao menos três mandados de prisão preventiva e outros três de busca e apreensão são cumpridos nas duas cidades. Os perfis de redes sociais dos envolvidos também foram suspensos.

As investigações apontaram que os suspeitos disponibilizavam, por meio das redes sociais, links que direcionavam pessoas para sites de apostas no jogo online apelidado de “Jogo do Tigrinho”.

“A ação é decorrente de investigação que apura crimes de estelionato, organização criminosa, lavagem de dinheiro e crime contra economia popular”, disse a Polícia Civil. Durante a operação, a Polícia Civil apreendeu celulares e carros.

Um dos alvos da polícia, contudo, está em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A polícia diz ter solicitado que o nome dele fosse inserido na lista de procurados da Interpol. Caso seja capturado, ele deverá ser extraditado para o Brasil.

“Esta ação é um desdobramento de operação realizada em novembro e dezembro de 2023. Conforme determinação judicial, os indivíduos estavam impedidos de divulgar jogos de azar, porém, houve o descumprimento da medida”, disse o delegado Tiago Dantas.

De acordo com Dantas, desde o início das investigações em torno da quadrilha, a polícia já apreendeu:

Um carro avaliado em R$ 3,2 milhões;
R$ 2 milhões na conta bancária de um dos suspeitos;
Cerca de R$ 200 mil em veículos;
Mais de R$ 12 mil em espécie.

Operação mira organização criminosa envolvida no ‘Jogo do Tigrinho’ – Foto: Divulgação/Polícia Civil

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA