Fumar maconha em lugares abertos poderá gerar multa em Curitiba, diz vereador

114

O vereador Pier Petruziello (Progressistas), da Câmara Municipal de Curitiba (CMC), postou em suas redes sociais que fumar maconha em lugares abertos poderá gerar multa na cidade. O tema deve ser discutido em breve, segundo o parlamentar.

De acordo com o vereador, a medida é inspirada na nova lei de Balneário Camboriú, no Litoral de Santa Catarina (SC), que prevê multa de R$ 412 para quem for visto usando, transportando ou guardando drogas ilícitas. A decisão foi aprovada recentemente.

O parlamentar fez uma enquete nas redes sociais para saber a opinião dos curitibanos. “Você é a favor desta lei?”, escreveu o vereador. Na votação, 68,1% dos usuários marcaram que aprovam a medida.

De acordo com o vereador, a medida é inspirada na nova lei de Balneário Camboriú, no Litoral de Santa Catarina (SC), que prevê multa de R$ 412 para quem for visto usando, transportando ou guardando drogas ilícitas. A decisão foi aprovada recentemente.

O parlamentar fez uma enquete nas redes sociais para saber a opinião dos curitibanos. “Você é a favor desta lei?”, escreveu o vereador. Na votação, 68,1% dos usuários marcaram que aprovam a medida.

O vereador também postou que pretende discutir o tema em breve em outra rede social. Os curitibanos reagiram e comentaram sobre a possível lei: “Maconha foi liberada como remédio no Brasil; qualquer outro uso deve ser considerado infração”, escreveu um usuário.

“Cidadão curte fumar seu baseadinho? Fuma em casa, na casa dos amigos, na casa da namorada… Local público não é lugar de usar drogas”, publicou uma internauta.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA