Após aumento do ICMS, postos começam reajuste de preços e gasolina é encontrada acima dos R$ 6 em Curitiba e RMC

423

Motoristas e condutores que trafegam pelas ruas de Curitiba já encontram a gasolina acima dos R$ 6 em postos de combustíveis

Já na noite do dia 31 de janeiro, um dia antes do reajuste no imposto, a reportagem flagrou filas provocadas por motoristas em diferentes postos da capital. No entanto, conforme o Paranapetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lojas de Conveniências do Estado do Paraná, em nota enviada , o aumento dos preços também é implicado por outros fatores.

Com isto, alguns postos podem possuir valores mais baixos na hora do reabastecimento. Veja nota abaixo:

Em um mercado livre como o dos combustíveis no Brasil, no qual não há tabelamento de preços, o repasse de aumentos ou de baixas (seja de impostos ou de custos de produtos) depende inicialmente de cada distribuidora e também de cada revendedor. O Paranapetro reforça que não regula, formata ou sequer pesquisa preços, e que estas informações estão disponíveis no mercado.

Paranapetro.

ICMS
Este é o primeiro aumento do ICMS após a mudança do modelo de cobrança do imposto, que passou a ter alíquotas em reais por litro e não mais em percentual sobre um preço estimado de bomba dos produtos. A intensidade da alta é criticada pelo setor.

Gasolina e etanol mais baratos contribuíram para que o IPCA-15 atingisse, em janeiro, a menor taxa para o mês em cinco anos.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA