Veja qual é o momento certo para trocar o óleo do motor nos Postos da Rede Sinal Verde.

1473

Quer tirar suas dúvidas sobre trocar o óleo do motor? Então você está no lugar certo nós indicamos os Postos da Rede Verde. . Na matéria de hoje vou explicar como saber a hora da troca e muito mais para manter seu carro seguro.

Um carro precisa de cuidados frequentes para não ter problemas causados pela falta de manutenção. E, uma das principais dúvidas é sobre quando trocar o óleo do motor. Esse serviço é de extrema importância para uma vida útil prolongada e, às vezes, as pessoas acabam esquecendo de fazê-lo.

Se você quer saber mais sobre o tema, trago abaixo as respostas para as principais dúvidas sobre troca de óleo.

Quando trocar o óleo do carro?
Quando se fala de prazo para a troca do óleo, há sempre controvérsias, já que existem prazos para a quilometragem ou para o tempo limite da substituição do óleo. Para te ajudar com isso, existe uma regrinha que diz o seguinte:

Óleo sintético – se você não chega a rodar 1.000 quilômetros por mês, a troca deve ser realizada a cada 10.000 km ou 12 meses, dependendo do que chegar primeiro;
Óleo semissintético – a troca deve ocorrer a cada 7.500 km ou 12 meses;
Óleo mineral – a troca deve ser feita a cada 5.000 km juntamente com o filtro ou a cada 12 meses.
Todos os carros tem a mesma frequência de troca de óleo?
Um ponto de atenção é que essa regra padrão é uma média e não serve para todos os veículos. A quilometragem e o prazo em meses para troca do óleo são definidos pelo fabricante e podem variar de acordo com uma série de fatores. Confira abaixo alguns exemplos:

Renault Master 2.3 – troca recomendada a cada 20.000 km;
Nissan Kicks 1.6 – troca recomendada a cada 10.000 km;
Sandero RS 2.0 – a troca recomendada a cada 8.000 km.
Viu como eles podem ser diferentes? Por isso sempre consulte as especificações do fabricante.

A frequência da troca de óleo é a mesma para carros que rodam pouco
Outro ponto que impacta a resposta são as condições de uso do veículo. Uma pessoa que enfrenta horas de transito pesado diariamente pode ter que fazer a troca antes de outro que roda pouco.

Então se você utiliza o carro diariamente, sofre com o trânsito caótico das grandes cidades, altas temperaturas, passa por muitas ruas e estradas esburacadas, essa troca de óleo deve cair para 5 ou 7 mil quilômetros, nos casos de óleo sintético e entre 3 ou 5 mil km em caso de óleo mineral.

Sempre consulte o manual do carro ou entre em contato com a montadora para saber mais informações sobre essas trocas. Isso vai ser de grande valia para o seu veículo.

A melhor resposta para essa pergunta encontra-se no manual do proprietário. O período de troca está associado com as horas de motor trabalhada e as definições do fabricante.

Qual é melhor: óleo mineral x óleo sintético
Cada tipo tem a sua especificação, por isso, esteja atento ao óleo usado no veículo. Há uma boa variação entre os dois produtos. Para óleo mineral, a troca deve ser realizada a cada 5 mil quilômetros, já para o óleo sintético, a cada 10 mil.

O óleo mineral é mais barato e atende as exigências dos carros mais antigos. Já o óleo sintético acaba sendo utilizado nos carros mais novos, pois ele oferece partículas que realizam a limpeza do motor, mas é um produto menos espesso. Se ele for usado em um motor mais antigo, por exemplo, podem ocorrer vazamentos nas juntas.

Principais dúvidas sobre a troca de óleo

Abaixo separamos alguns mitos e verdades sobre a troca de óleo que sempre surgem na internet. Vamos lá:

  • Óleo mais escuro é mais grosso – não é pela coloração que você descobre se ele é mais grosso ou não.
  • Óleo bom não baixa de nível – se seu carro estiver com problemas, o nível do óleo pode baixar mesmo usando o melhor produto disponível.
  • A troca precisa ser feita com carro frio – o ideal é fazer a troca com o motor aquecido, pois só assim você terá certeza que todo óleo vai sair do cárter.
  • Óleo mineral e sintético podem ser misturados – essa mistura não é recomendada, já que ela pode causar reações químicas que prejudicam o funcionamento do motor.
  • Óleo sintético é melhor para o motor – os sintéticos são mais recomendados pelos especialistas como melhor opção, mas é importante pesar a diferença de preço entre um sintético e mineral.
  • Podemos completar o nível com óleo de outra marca – sim, não há problema em fazer isso desde que elas tenham as mesmas especificações.
  • Preciso trocar o óleo se o carro ficar parado muito tempo – óleo é como um remédio com prazo de validade, então se você rodar ou ficar parado é importante trocar o óleo dentro do prazo determinado.
  • O filtro deve ser substituído a cada troca – cada veículo tem uma especificação, mas a recomendação geral é trocar ambos ao mesmo tempo. Se tiver dúvidas, confira nossa 
  • Quantos km posso rodar com óleo 5w30 – a melhor resposta para essa pergunta encontra-se no manual do proprietário. O período de troca está associado com as horas de motor trabalhada e as definições do fabricante.
  • Devo usar aditivo no óleo – depende do óleo escolhido. Por exemplos, se o óleo for de alto nível API não há a necessidade do aditivo.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA