Frentista que ateou fogo em cliente em Curitiba, recebeu liberdade.

670
Clique aqui e assine

O frentista investigado por atear fogo em um cliente em um posto de gasolina no bairro Pilarzinho, em Curitiba, foi solto da prisão na última sexta-feira (4) por decisão do Ministério Público do Paraná. O caso foi registrado em março deste ano e o suspeito estava preso desde o dia 22 daquele mês.

A defesa pediu a revogação da prisão preventiva em uma audiência realizada na sexta (4). O pedido foi acatado pela promotoria. O processo segue para a fase das alegações finais e depois será encaminhado para o juiz.

O crime aconteceu no dia 18 de março de 2023. A motivação segundo a Polícia Civil foi uma discussão por causa de uma chave quebrada. O cliente teve parte do corpo queimado e sobreviveu às queimaduras.

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA