Usuários de terminal de Piraquara, são surpreendidos com gritos por ajuda de homem “jorrando sangue”

1336
Clique aqui e assine

Usuários que estiveram no Terminal Central de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na tarde deste domingo (13), foram surpreendidos com os gritos por ajuda de um homem esfaqueado que estava “jorrando sangue”

o guarda municipal (GM) Carlos Leão, que prestou o primeiro atendimento ao homem e estava de folga, descreveu que ele recebeu oito facadas. Sete delas, segundo ele, de menor gravidade. No entanto, uma delas atingiu a artéria femoral, responsável por irrigar o sangue aos membros inferiores do corpo humano.

Usuários de terminal são surpreendidos com gritos por ajuda de homem “jorrando sangue” em Piraquara. Foto: Reprodução/Colaboração

Ele chegou pedindo ajuda e dizendo que havia sofrido uma tentativa de homicídio. A gente foi atender ele e estava jorrando sangue. Foi feito um torniquete e coloquei uma bandagem, com a ajuda de um taxista, que tinha um kit de primeiros socorros. O homem foi levado ao hospital desacordado.

guarda municipal (GM) Carlos Leão.

Segundo Leão, o rapaz tem, aproximadamente, 35 anos e atua como guardador de carros na região do Terminal Central de Piraquara.

As facadas foram duas nas costas, sem grande perfuração; uma, no peito; duas, nas nádegas; e três, nas pernas. Sendo que uma dessas nas pernas atingiu a coxa, que pegou a artéria femoral.

guarda municipal (GM) Carlos Leão.
O homem foi levado, desacordado, ao Hospital Cajuru. A Polícia Civil irá abrir um inquérito para investigar o caso.

Clique aqui e assine

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA